Plataforma Notícias Ordem Engenheiros Região Norte - Engenharia portuguesa nomeada para os EIT Awards 2020

Engenharia portuguesa nomeada para os EIT Awards 2020

Notícia 16 Novembro, 2020

O projeto Zero Defects 4.0, com Engenharia portuguesa, está entre os nomeados para os EIT Awards 2020, promovidos pelo Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia.

 

O projeto Zero Defects 4.0, resultante de um consórcio que junta seis entidades, onde se incluem a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC), está nomeado para os prestigiados EIT Awards (European Institute of Innovation & Technology) 2020, na categoria Innovators.

Baseado em sistemas avançados de análise preditiva, este projeto permitirá antecipar defeitos na produção de painéis derivados de madeira, reduzindo o desperdício de matérias-primas e o consumo de energia associada aos processos.

Para esta nomeação, que coloca o Zero Defects 4.0 entre os melhores projetos europeus de inovação, contribuíram o facto de se tratar de um projeto de ponta na indústria 4.0, aplicado a um setor tipicamente percecionado como tradicional. Na decisão do Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia (EIT), promotor do galardão, pesou igualmente o facto de os resultados do projeto serem diretamente aplicados num contexto industrial real.

Esta inovação, colaborativa e disruptiva no contexto industrial, resulta então do trabalho de um consórcio que combina a experiência de produção e a visão industrial da Sonae Arauco com as capacidades de investigação e de análise de dados aplicada à indústria da FEUP, do INESC TEC e do Laboratory for Manufacturing Systems and Automation (LMS, Universidade de Patras, Grécia). A receita inclui ainda a experiência em tecnologia e inovação da InnoWave, uma empresa portuguesa de base tecnológica com operação em diversos continentes; e o know-how da Sonae em gestão de projetos.

 

 Sobre o EIT

O EIT é um organismo criado pela União Europeia no âmbito do Horizonte 2020, e que visa fomentar as iniciativas de tecnologia e inovação no espaço europeu. Nesse sentido, o Instituto apoia o desenvolvimento de parcerias pan-europeias (as chamadas Comunidades de Conhecimento e Inovação EIT), reunindo universidades, laboratórios de investigação e empresas de renome.

O EIT Manufacturing é uma das oito comunidades de conhecimento e inovação que integram o EIT, sendo as outras o EIT Climate-KIC, EIT Digital, EIT Food, EIT Health, EIT InnoEnergy, EIT Raw Materials, e o EIT Urban Mobility. A principal missão do EIT Manufacturing é reunir as partes interessadas europeias, focadas na produção em fábrica de ecossistemas de inovação que agregam valor único aos produtos, processos e serviços europeus e inspiram a criação de uma produção em fábrica globalmente competitiva e sustentável.

O EIT Manufacturing engloba mais de 50 organizações (universidades, institutos de pesquisa e empresas), incluindo, por exemplo: a Volkswagen, a Volvo, a Darmstadt University of Technology, a Comissão Francesa de Energias Alternativas e Energia Atómica (CEA), Siemens, Universidade Eslovaca de Tecnologia em Bratislava, Phillips, Procter & Gamble e Whirlpool Europe.

 

Fonte: Noticias UP