Plataforma Notícias Ordem Engenheiros Região Norte - Estudantes de Engenharia no pódio de competição europeia

Estudantes de Engenharia no pódio de competição europeia

5 Abril, 2021

Equipa de estudantes de Engenharia conquistou o 2º lugar na maior competição europeia de Case Study na área da Engenharia e Gestão Industrial.

 

A equipa “C2C: Came to Conquer”, composta por quatro estudantes do Mestrado Integrado em Engenharia e Gestão Industrial da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), conquistou o segundo lugar no Tournament in Management and Engineering Skills (TIMES), a maior competição europeia de Case Study na área da Engenharia e Gestão Industrial.

“Qual a melhor estratégia para a Tesla atingir lucros sustentáveis” foi o estudo de caso que valeu a Diogo Valente, Francisca Trigueiros, Luís Blanquet e Tiago Rodrigues a conquista da medalha de prata no concurso, a par de mais sete equipas europeias. Para chegarem a este resolvido, os estudantes tiveram de resolver diversos problemas de logística e de produção da Tesla e apresentar soluções para o aumento do lucro absoluto da marca.

Organizada pela European Students of Industrial Engineering and Management (ESTIEM), a competição, que conta em média com 1400 participantes a nível europeu, dividiu-se este ano em três fases de qualificação (local, semifinal e final) – todas em regime online -, sendo apresentados vários estudos de caso a concurso em cada uma delas.

Os quatro estudantes da FEUP foram selecionados com distinção nas duas primeiras fases, apresentando o estudo de caso “Aumentar a Capacidade Termoelétrica da EDP até 2030″ na fase local organizada pela AGE-i-FEUP, associação juvenil à qual todos os membros da equipa pertencem ou já pertenceram.

Já na semifinal da competição – que disputaram com equipas de Ancara, Helsínquia, Sofia, Budapeste e Berlim -, os “C2C: Came to Conquer” solucionaram um caso de Merge & Acquisition sob o mote “Construir um plano de 1 ano de sucesso da assimilação da Empresa Y”.

Os quatro estudantes do 3.º ano de Engenharia e Gestão Industrial, que já ambicionam pertencer ao mundo da consultoria estratégica ou até à indústria automóvel, prometem agora não ficar por aqui. O objetivo passa por continuar a “investir num variado leque de conhecimentos e em experiências como a desta competição” que lhes permita voar para projetos inovadores à escala europeia.

 

Fonte: Notícias UP