Plataforma Notícias Ordem Engenheiros Região Norte - [Global Management Challenge] Há estudantes a representar Portugal na final internacional

[Global Management Challenge] Há estudantes a representar Portugal na final internacional

31 Março, 2021

Uma equipa de estudantes venceu a final nacional da maior competição de estratégia e gestão. Agora, os vencedores vão representar Portugal na final internacional da competição.

 

A final nacional da 41ª edição do Global Management Challenge decorreu no passado dia 15 de março. Participaram na prova 320 equipas, mas apenas oito, chegaram à última etapa. A vitória foi alcançada pela IT Sector/Abaa, formada por um estudante de engenharia mecânica e dois de gestão.

O líder da equipa IT Sector/Abaa – Alexandre Amaro – é estudante de Engenharia Mecânica na Feup, Beatriz Silva é aluna de Gestão na UP e o terceiro membro do grupo, Alberto Carvalho, frequenta Gestão na Universidade Nova de Lisboa.

“Termos conquistado o primeiro lugar do Global Management Challenge, enquanto equipa de estudantes, face a adversários de quadros de empresas cuja experiência prática claramente ultrapassa a nossa, foi o reconhecimento de todo o trabalho e dedicação empregue nos últimos meses e da vontade das novas gerações em se aproximarem da realidade empresarial”, referiu Alexandre Amaro.

“O facto de sermos uma equipa constituída por estudantes de Engenharia Mecânica e de Gestão foi uma mais-valia: a transversalidade das nossas áreas e a sua interdependência revelaram-se pontos-chave do resultado alcançado”, disse ainda.

O Global Management Challenge consiste numa simulação empresarial interativa em que cada equipa gere uma Empresa com o objetivo de obter o melhor desempenho do investimento para a sua empresa no mercado em que se insere.

Ao tomarem decisões de gestão de topo, os participantes passam pela análise de indicadores económicos/ financeiros, ganham uma visão mais alargada e estratégica de uma empresa, compreendem a interação entre as diferentes áreas funcionais e o impacto que as suas decisões podem ter numa organização, tendo em conta as condicionantes do mercado em que competem e a máxima satisfação do cliente e do acionista.

Agora, a equipa vencedora prepara-se para representar Portugal no evento mundial que vai juntar as melhores equipas de mais de 30 países.

“Pretendemos continuar com o mesmo empenho e trabalho, de modo a obtermos uma ótima classificação em nome de Portugal. Não obstante, estamos cientes que vamos enfrentar adversários extremamente desafiantes e competitivos, os quais nos permitirão fortalecer as nossas competências”, mencionou o líder da equipa.