Plataforma Notícias Ordem Engenheiros Região Norte - Há Engenharia na maior ponte pedonal do Mundo. E está em Portugal.

Há Engenharia na maior ponte pedonal do Mundo. E está em Portugal.

Notícia 9 Junho, 2020

As obras estiveram suspensas devido à pandemia, mas há sinais que ainda este mês de junho vai nascer, em Arouca, mais concretamente nos Passadiços do Paiva, mais uma grande obra de Engenharia. A 519 Arouca será a maior ponte pedonal do mundo.

 

Designada como “516 Arouca” numa referência direta aos impressionantes 516 metros de comprimento que a irão constituir, esta ponte conta, ainda, com uma altura máxima de 175 metros sobre o rio Paiva e uma largura de 1,2 metros. Inicialmente, a ponte foi projetada com 480 metros de comprimento, contudo, as condições do terreno obrigaram a que esta fosse estendida até aos 516 metros.

O seu tabuleiro é metálico, constituído por sete cabos de aço agrupados entre si através de placas de cintagem, e está ligado por cabos secundários a dois principais. Nas duas margens desta ponte, há pilares com cerca de 36 metros de altura, destinados ao apoio dos cabos principais, que, por sua vez, se encontram fixados ao terreno natural, através de ancoragens em maciços de betão armado.

A grelha metálica transparente, que permitirá uma visão incomparável sobre o rio Paiva, tem ainda a vantagem de não oferecer grande resistência ao vento, tornando a estrutura mais estável em condições de vento forte.

A inauguração desta ponte é muito aguardada, e embora ainda não tenha sido anunciada uma data exacta, tudo parece apontar para que aconteça durante o mês de junho.

Desde 2016, devido ao incêndio que afetou as infraestruturas dos passadiços, as entradas diárias passaram a ser limitadas a 3.500 pessoas, sendo que a média diária, ao ano, é de duas mil visitas, tornando os passadiços, ainda assim, dos lugares mais visitados em Portugal.

Atualmente, e como consequência da pandemia, a lotação diária ficará agora reduzia a 800 pessoas. E por isso é aconselhável a compra prévia do bilhete online. No momento de entrada, é medida a temperatura e é aconselhado a higienização das mãos. Por fim, o uso de máscara é obrigatório à entrada e saída dos passadiços, no acesso às instalações sanitárias e no caso de interação com outras pessoas.

Este será assim mais um local que junta a Engenharia e a natureza que pode ser visitado em Portugal.

Há Engenharia na maior ponte pedonal do Mundo. Há Engenharia em tudo o que há.

 

Texto: Inês Miranda | Foto: Rui Quaresma