Plataforma Notícias Ordem Engenheiros Região Norte - Há Engenharia no projeto vencedor do Prémio Mantero Belard

Há Engenharia no projeto vencedor do Prémio Mantero Belard

6 Janeiro, 2022

Há Engenharia na procura de novas moléculas para o tratamento da doença de Alzheimer.

 

As doutoradas em Engenharia Química, Maria do Carmo Pereira e Joana Loureiro, investigadoras do Laboratório de Engenharia de Processos, Ambiente, Biotecnologia e Energia (LEPABE) da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), fazem parte do consórcio que foi distinguido com o Prémio Mantero Belard 2021, um dos Prémios Santa Casa Neurociências promovidos este ano pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

O projeto premiado com 200 mil euros envolve consórcio nacional e o principal foco de investigação é a procura de novas moléculas para o tratamento da doença de Alzheimer.

O objetivo do galardão é reconhecer e dinamizar a investigação científica ou clínica desenvolvida no âmbito das doenças neurodegenerativas associadas ao envelhecimento, como a Doença de Parkinson e a Doença de Alzheimer, possibilitando o surgimento de novas estratégias no tratamento e restabelecimento das funções neurológicas.

As investigadoras do grupo Nano4Med do LEPABE venceram este mesmo prémio em 2017 com o projeto “Nova estratégia terapêutica e novo biomarcador para a doença de Alzheimer baseados na clivagem do receptor do BDNF”, num trabalho de continuidade focado em novas metodologias para o tratamento da doença de Alzheimer.

 

Sobre os Prémios Santa Casa Neurociências

Criados em 2013, os Prémios Santa Casa Neurociências constituem uma das maiores bolsas para projetos em Neurociências desenvolvidos em Portugal. Atualmente, representam um investimento anual de 400 mil euros destinados a promover o trabalho de investigação científica ou clínica nas áreas multidisciplinares das biociências, nomeadamente a neurologia, a neuropatologia, a bioquímica, a biologia molecular, a genética molecular, a química, a farmacologia, a imunologia, a fisiologia e a biologia celular.

 

Fonte: Notícias UP
Imagem: UP