Plataforma Notícias Ordem Engenheiros Região Norte - Há três ideias vencedoras da final Nacional do ClimateLaunchpad

Há três ideias vencedoras da final Nacional do ClimateLaunchpad

5 Julho, 2021

A final nacional do ClimateLaunchpad aconteceu no passado dia 1 de julho. O Colégio de Engenharia do Ambiente – Norte, representado pela sua coordenadora, Maria João Teles Brochado Correia, fez parte do júri desta final.

 

 

Uma solução de upcycling de resíduos eletrónicos em fim de vida, um marketplace para produtos hortofrutícolas frescos orientado ao impacto social e um projeto de promoção da compostagem doméstica e comunitária são as três ideias vencedoras da final Nacional do ClimateLaunchpad. Os vencedores vão representar Portugal na final Europeia da maior competição de ideias cleantech do mundo, em setembro.

O projeto Recycle Geeks pretende dar uma nova vida aos resíduos eletrónicos, através da reparação, revenda e doação de parte do valor a uma instituição de solidariedade social. Para além da recuperação de computadores danificados, o projeto vai ensinar a reparar e melhorar computadores, através da partilha de tutoriais sobre reciclagem e reparação.

Já o FHLUD, um dos vencedores do ClimateLaunchpad Portugal, é um marketplace para produtos hortofrutícolas frescos, com entregas ao domicílio e orientado ao impacto social, onde produtores e consumidores podem comprar, vender e doar alimentos de origem local.

A Mudatuga é uma startup de educação ambiental para promoção da compostagem doméstica e comunitária. Em 2020, transformaram mais de 2 mil pessoas em ninjas de compostagem. Atualmente, estão a criar a própria caixa de bokashi – adubo orgânico – para democratizar o tratamento de bio resíduos, independentemente do espaço disponível.

Os três vencedores da Final Nacional, além da oportunidade de representar Portugal na Final Europeia, têm também acesso a incubação gratuita na UPTEC durante três meses, a 1000 euros em formação na Ordem dos Engenheiros – Região Norte e, ainda, a 1000 euros da Grosvenor Investments para formação e capacitação nas áreas de impacto, sustentabilidade ou marketing. Além disso, os vencedores vão também visitar a fábrica da Soja de Portugal e conhecer o modelo de economia circular da empresa.

Em avaliação pelo júri do concurso estiveram mais sete ideias que pretendem reduzir o impacto ambiental. Em Portugal, o ClimateLaunchpad é organizado pela UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da U.Porto, LIPOR, Pacto Português para os Plásticos e Smart Waste Portugal. Esta é já a 6ª edição da competição que já apoiou 64 equipas e recebeu mais de 115 candidaturas. Em 2018, o grande vencedor da final internacional foi o projeto português Eco2Blocks, em competição com mais de 1000 equipas.