Cálculo Estruturas Madeira segundo Eurocódigo 5 (EN 1995-1:2014) – 2ª ed.

Sinopse

Os Eurocódigos de apoio ao cálculo estrutural, tal como um conjunto de regulamentação Europeia de apoio, apresentam um domínio vasto de assuntos, complexos e exigentes, tendo Portugal, como membro da União Europeia, adotado para o dimensionamento de estruturas.

Destinatários

Membros e não membros. Técnicos que trabalhem no âmbito da construção.

Formador/a

Prof. Duarte Barroso Lopes

Professor Adjunto no Instituto Superior de Engenharia do Porto ISEP. Licenciado e Mestre em Engenharia Civil – área de Estruturas pela Faculdade de Engenharia do Porto. Doutor pela Universidade de Göttingen (GAUSS | Alemanha). Projectista de Estruturas e Formador na área de Estruturas de Madeira. Autor de diversos artigos científicos na área de Estruturas de Madeira.

Conteúdos Programáticos

A madeira, normalização de suporte e aspetos construtivos;

 

Generalidades sobre construções de madeira – identificação de diferentes espécies; EN 338 (resinosas e folhosas); EN 518 (classificação visual); EN 384 (ensaios destrutivos); Requisitos (EN 14080); EN 519 (ensaios não destrutivos); EN NP 4305 (pinho nacional); EN 1994 (lamelados colados simples e compostos); Escadas em Madeira; Elementos de Fecho: Comportamento Térmico; Comportamento Acústico (sons aéreos); Pavimentos: Comportamento Acústico (sons de precursão) – casos práticos.

 

Cálculo de estruturas

Estruturas de Madeira Lamelada Colada: Processo de fabrico; Exemplos de aplicação; Aspectos regulamentares; Eurocódigo 5:

Estados limite serviço | utilização: Deformação e vibração (casos práticos ELS);

Estados limite últimos: Flexão, corte, tração (casos práticos de dimensionamento estrutural ELU).

 

Pormenores construtivos. Ligações – cálculo. Derivados da madeira – cálculo.

Ligações: Disposições regulamentares; Ligações pregadas; Ligações aparafusadas; Ligações com chapas e anéis denteados; Ligações coladas; Resolução de problemas de dimensionamento.

 

Reabilitação. Cofragens (casos práticos). Acção do fogo: disposições regulamentares; método de cálculo: dimensionamento (casos práticos); tratamento e preservação da madeira: apresentações de casos em reabilitação de estruturas em madeira.

Carga horária

25h

Observações

Idioma: Português

Carga horária em sessões síncronas: 12h

Carga horária em sessões assíncronas (estimativa de tempo de autoestudo, fórum e etapas sem intervenção síncrona dos formadores): 13h

Datas e horário das sessões síncronas:

Dias 06, 09 e 14 junho, das 09h30m às 13h30m

Avaliação: Dia 16 junho (das 10h00m às 13h00m).

Certificação:
Concluída a ação de formação com aproveitamento, será emitido um Certificado de Formação Profissional, com aprovação (sem classificação atribuída), na plataforma SIGO.

Preço Membro:

€50

Preço Não Membro

€300

Preço Estudante:

€25

Partilhe a engenharia que há em tudo o que há

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Poderá gostar também…