Comunicação em situação de crise

Sinopse

A qualquer momento podemos ter de enfrentar situações embaraçosas. Nessa hora, o conhecimento de técnicas e de casos de estudo ajuda a manter a presença de espírito e a reagir com lucidez. Esta formação inclui exercícios comentados.

Destinatários

Membros e não membros. Pessoas com responsabilidade em obras e projectos e cuja imagem profissional possa ser publicamente afetada em situação de crise.

Formador/a

Paulo Colaço

Paulo Colaço é um português de Goa, nascido em Moçambique. Tem 45 anos.

É profissional de comunicação, formador e consultor político.

Fundou em 2013 a agência “Potenciar Comunicação”, de que é Diretor-Geral.

Faz assessoria a pessoas públicas e instituições, escreve discursos, dirige campanhas eleitorais dentro e fora de Portugal e gere crises de comunicação.

Enquanto formador, dá os cursos “Falar em Público”, “Escrita Criativa”, “Gestão de Crise”, “Dúvidas da Língua Portuguesa”, entre outras.

Elabora guiões para filmagens, faz revisão de texto e copywriting.

Trabalha regularmente com governos, partidos, empresas e instituições sociais de Portugal, Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Timor.

Foi jornalista, diretor criativo e responsável de comunicação autárquica.

Foi também formador externo do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal (Instituto Diplomático) e do Banco de Portugal, nas áreas de “Escrita de Discursos” e “Língua Portuguesa”.

Conteúdos Programáticos

  • A crise (abordagem etimológica)
  • A crise e os media
  • Caso “Águas Perrier”
  • Desorganização e reorganização
  • Cinco características da crise
  • Quatro fases da situação de crise
  • Casos de Estudo
  • O que é a gestão de crise
  • Seis lembretes para o Líder
  • Causas da reação tardia
  • Situação de crise: perigos a evitar
  • Gabinete de Crise (funções e membros)
  • Comunicação proativa ou reativa?
  • Comunicação interna e externa
  • Relação com imprensa
  • Estratégias de gestão de crise

Carga horária

9,5 horas

Observações

Idioma: Português

Carga horária em sessões assíncronas (estimativa de tempo de autoestudo, fórum e etapas sem intervenção síncrona dos formadores): 1,5h

Carga horária em sessões síncronas: 8h

Datas e horário das sessões síncronas:

  • Dias 16, 17, 23 e 24 junho, das 21h às 23h

Avaliação: Dia 27/06, das 21 às 23h.

Certificação:
Concluída a ação de formação com aproveitamento, será emitido um Certificado de Formação Profissional, com aprovação (sem classificação atribuída), numerado, formato OERN.

Preço Membro:

€30

Preço Não Membro

€120

Preço Estudante:

€20

Partilhe a engenharia que há em tudo o que há

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Poderá gostar também…