Sistemas de impermeabilização com membranas em coberturas planas

Sinopse

As coberturas são o elemento mais exposto de um edifício, sendo por isso necessário dotá-lo de características capazes de a tornar estanque para assegurar uma utilização e habitabilidade adequadas com a máxima durabilidade.

Competência de saída:

Compreensão do funcionamento de um sistema de impermeabilização e da importância que tem na envolvente opaca exterior do edifício, desenvolvendo soluções partindo dos requisitos da obra, permitindo melhorar o conhecimento as capacidades de projetar coberturas planas de edifícios, quer em fase de projeto quer em fase de obra.

Destinatários

Membros e não membros. Engenheiros civis, arquitetos e outros técnicos ou não técnicos, interessados na área das impermeabilizações e reabilitação de edifícios. Estudantes de engenharia civil e arquitetura.

Formador/a

Miguel Pedro Simões Maia

Membro da Ordem dos Engenheiros com cédula profissional nº 36634. Licenciatura em Engenharia Civil com frequência no Mestrado de Construção de Edifícios na FEUP, Pós-Graduação em Direção de Empresas de Construção da EGP-Business School. Gestor de Projeto na NOVOPCA Construtores Associados e na FDZHP no Centro Histórico do Porto, Diretor de Produção e de Delegação da empresa SOTECNISOL SA, Quadro do Departamento Técnico da multinacional SOPREMA SA fabricante de sistemas de impermeabilização.

Conteúdos Programáticos

  • Caracterização do tipo de cobertura
  • Analise do tipo de solicitações a que uma cobertura estará exposta
  • Principais Características das membranas de impermeabilização mais usadas em coberturas planas
  • Seleção do sistema de impermeabilização
  • Elementos a integrar em Projeto
  • Preparação das superfícies a impermeabilizar
  • Tratamento de pontos singulares
  • Aplicação em obra e controlo de qualidade
  • Anomalias em coberturas

Observações

Idioma: Português

Se pretender ficar em lista de espera, por favor registe-se aqui

Preço Membro:

€30

Preço Não Membro

€150

Preço Estudante:

€20

Partilhe a engenharia que há em tudo o que há

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Poderá gostar também…